Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

Cães tentaram atacar PMs e filho pode responder por 'tentativa de homicídio'.

Depois de denúncia de perturbação de sossego, a Polícia Militar deteve um agropecuarista e um comerciante no Sítio Forno Velho, município de Tacaimbó, Agreste pernambucano. Eles têm 70 e 44 anos, respectivamente, e são pai e filho. No rancho em que estavam, foram apreendidas 17 peças de som, como caixas, amplificadores, cornetas e alto-falantes.

A operação, porém, não teria sido simples. "Ao chegar ao local, o imputado [de 44 anos] não quis falar com o policiamento e soltou dois cães ferozes para atacar"; então, os profissionais "se abrigaram na viatura que estava próxima e pediram apoio ao efetivo da Rocam [Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas] de São Caetano", segundo relato do 15º Batalhão da PM.

Quando da chegada do reforço, o homem não recebeu as equipes e teria soltado novamente os animais. "Diante dos fatos, o policiamento prendeu o imputado por tentativa de homicídio e perturbação de sossego. Ao ver o filho ser preso, o pai tentou impedir" e, por isso, "também foi conduzido a Delegacia de Polícia de Belo Jardim", ainda conforme a corporação.

A ocorrência aconteceu entre a noite do sábado (18) e a madrugada deste domingo (18). A PM acompanhou o registro na Polícia Civil e relata ainda que "foi arbitrada uma fiança no valor de R$ 3.000, a qual foi paga e o imputado foi liberado". O idoso também está em liberdade.
Fonte: Do G1 Caruaru

Nenhum comentário

Juliano Cesar. Tecnologia do Blogger.