Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

Onze servidores são exonerados por nepotismo em Arcoverde, diz MPPE



Onze servidores da Câmara Municipal de Arcoverde foram exonerados dos cargos. De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), as funções eram ocupadas por pessoas que tinham relação de parentesco de até terceiro grau com prefeito, vice-prefeito, vereadores e secretários municipais.

O MPPE informou que as exonerações foram realizadas em cumprimento a uma recomendação do órgão. O Ministério recomendou à Câmara que não seja adotada a prática do nepotismo cruzado. 

O promotor disse - por meio da assessoria - que foi constatado que o cargo comissionado de oficial de gabinete da presidência da Câmara era exercido por um funcionário que é casado com uma sobrinha do presidente da Casa Legislativa.

Para evitar situações semelhantes, o MPPE recomendou que a Câmara de Vereadores passe a exigir - por escrito - que os futuros servidores nomeados da casa declarem que não tem parentesco - de até terceiro grau - com pessoas que ocupem cargos públicos de chefia.

Nenhum comentário

Juliano Cesar. Tecnologia do Blogger.