segunda-feira, 20 de março de 2017

Alunos do curso de psicologia da AESA fazem manifestação contra saída de professores

Os alunos do curso de Psicologia da Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde (AESA) realizaram na manhã de hoje (20) uma manifestação contra a saída dos professores Luis Massilon e Epitácio, que ministram - respectivamente - as cadeiras de Psicologia do Desenvolvimento I, II e III e Psicologia da Personalidade I e II.

De acordo com as informações apuradas pela nossa reportagem, na última sexta-feira (17) a
coordenação do curso de Psicologia recebeu um comunicado do setor jurídico da AESA informando que as cinco cadeiras ministradas pelos dois professores seriam, a partir de agora, ministradas por um professor chamado Otávio, que também é psicólogo, e que é conhecido pelo apelido de Bomba.
 
"Nós não aceitamos a chegada do novo professor no meio do semestre. Nós não estamos entendendo como o setor jurídico da AESA deu esse parecer favorável", questionou outro estudante de psicologia.

De acordo com os alunos, desde que foi fundado o curso - no segundo semestre de 2015 - o professor Otávio nunca tinha aceitado dar as disciplinas, porque não acreditava que o curso funcionaria efetivamente. "Agora ele quer ministrar as disciplinas solicitando, em pleno meio do semestre, que se encerre o contrato dos dois professores que já estão conosco desde o começo. É injusto", reclamou uma aluna que preferiu não se identificar.
São cerca de 160 alunos que podem ser prejudicados com essa mudança. Os professores Luis e Epitácio ainda não se pronunciaram porque estão aguardando a decisão da Autarquia.

Já o presidente da AESA, Roberto Coelho, nos informou que amanhã (21) receberá os alunos para uma reunião às 9h. "Precisamos ouvir todos os lados para tomar as devidas decisões", explicou.

Fonte:deprimeiracategoria.com.br Por Zalxijoane Lins.
Fotos: Alunos do Curso de Psicologia da AESA/Via WShatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário