Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

Arcoverde Participa do curso de aperfeiçoamento sobre Saúde do Trabalhador promovido pela SES.


Buscando a atualização de profissionais de vigilância em saúde, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) promove, desta quarta-feira (16.08) até a próxima sexta-feira (18.08), o primeiro módulo do Curso de Aperfeiçoamento de Vigilância em Saúde do Trabalhador. A iniciativa atenderá profissionais dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) de Petrolina e Ouricuri, profissionais da vigilância em saúde das Geres e controle social, por meio das Comissões Intersetoriais em Saúde do Trabalhador (CIST) dos conselhos de saúde. As aulas irão acontecer no segundo prédio de licenciatura da Universidade de Pernambuco (UPE), campus Petrolina.

O curso é uma parceria da entre a SES, o Centro de Referencia em Saúde do Trabalhador e a Escola de Governo em Saúde Pública de Pernambuco (ESPPE), e visa o aprimoramento das ações de vigilância em saúde do trabalhador no Estado. Nesse primeiro módulo, serão abordados os seguintes temas: A inter-relação saúde, ambiente e trabalho; Princípios e diretrizes do SUS e da Saúde do Trabalhador e o Sistema de Informação em Saúde.

Realizado de forma mista, o curso de aperfeiçoamento irá mesclar aulas presenciais e atividades de dispersão acompanhadas na modalidade EAD, totalizando uma carga-horária de 185 horas/aula. As etapas presenciais serão divididas em 4 módulos, nos meses de agosto, setembro, outubro e dezembro. Participam das atividades profissionais dos municípios cobertos pelas Geres de Arcoverde, Salgueiro, Petrolina, Ouricuri, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada. 

A atualização sobre o tema exerce o papel de educação continuada para profissionais da área de saúde, que no exercício da prática, buscam melhoramento das competências ao modelo de atenção proposto. “Buscamos reunir profissionais a fim de estruturar o modelo de vigilância em saúde em Pernambuco e fortalecer a importância da atuação do Cerest”, afirmou a gerente de Atenção à Saúde do Trabalhador da SES, Adriana Guerra. 

Nenhum comentário

Juliano Cesar. Tecnologia do Blogger.