Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

Chitãozinho & Xororó prometem surpresas em nova turnê que encerra o São João de Arcoverde



Chitãozinho & Xororó encerram a Festa de São João de Arcoverde com show gratuito da nova turnê “Pura Emoção”, no domingo, dia 28 de junho, a partir das 23h30. O evento que começa no dia 20, terá atrações musicais, como Geraldo Azevedo, Elba Ramalho e Alceu Valença, e espera receber um público de 70 mil pessoas por dia.

A turnê “Pura Emoção” conta a história dos cantores paranaenses com novos figurinos, repertório e cenários, cujo palco traz o formato de um diamante. Os artistas sobem em duas passarelas instaladas no palco para uma viagem de muitas emoções, efeitos especiais e interação com a plateia. 

A turnê traz inovações em iluminação, com o uso de aparelhos que se movimentam, criam palavras e geram efeitos grandiosos em linguagem 3-D. Um dos momentos de destaque com o uso dessa tecnologia surge com Chitãozinho & Xororó convidando o público a ligar as luzes de seus celulares e apontar para o palco. Essas luzes se fundem à iluminação do show e tomam conta de todo o espaço.

No repertório do show estão sucessos antigos “para matar a saudade do sertão” e resgatar músicas que já não eram mais tocadas nos shows. Modas de 40 anos atrás são trazidas para o presente de maneira única. Entre essas composições estão “Meu Disfarce” (1987), de Chico e Carlos Roque, e “Se Deus me Ouvisse” (1986), entre muitas outras.

Para simbolizar a retomada dessas músicas, a dupla liga um rádio antigo (refletido no diamante do palco), que toca trechos de algumas canções. Os clássicos como “Sinônimos” e “Evidências” também não vão faltar na programação. A dupla interpreta ainda composições do novo disco, “Tom do Sertão”, em homenagem ao cantor, compositor e maestro Tom Jobim, como “Águas de Março”, “Correnteza” e “Eu Não Existo Sem Você”. Durante a execução de “Correnteza”, o palco e duas passarelas parecem inundados de água, deixando o espectador com a sensação de que Chitãozinho & Xororó estão imersos num rio.

Nenhum comentário

Juliano Cesar. Tecnologia do Blogger.