Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

Indígenas invadem GRE Arcoverde e cobram atrasados de professores, merendeiras e motoristas

Centenas de índios de pelo menos quatro tribos que integram a Gerência Regional de Educação (GRE) do Sertão do Moxotó e Ipanema, invadiram a sede do órgão na manhã desta segunda-feira (2), em protesto contra o atraso de pagamentos por parte do Governo Paulo Câmara (PSB).

Os índios das tribos Kapinawá, Kambiwá, Tuxá e Xukuru protestam contra o atraso nos pagamentos dos motoristas que fazem o transporte de alunos; dos professores que acumulam débitos, com salários atrasados; e das merendeiras que estão sem poder fazer feira porque não recebem seus salários. Na lista ainda tem os porteiros que estão sem receber.

Outro ponto cobrado pelos indígenas é a atualização do pagamento das bolsas dos universitários das diversas tribos e o repasse aos municípios dos recursos para pagamento aos servidores da educação indígena.

Pelo visto, não é só na segurança pública que o Governo Paulo Câmara está pior do que se imagina. Na educação, apesar de abusar da propaganda, a coisa tá bem pior do que se fala. Com informações de Adauto Nilo.

Nenhum comentário

Juliano Cesar. Tecnologia do Blogger.