Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

Marketing Digital : Criar uma lista de Emails e Leads do zero

Muita gente conhece os benefícios de uma generosa lista de emails: é um excelente ativo e permite que a empresa impulsione tanto a promoção de novos conteúdos de marketing quanto concretize negócios.

Para empresas que trabalham com vendas mais complexas, o relacionamento via email com os Leads torna o processo mais fácil e efetivo. Na prática, porém, muitas esbarram em como criar uma lista de emails para chamar de sua.


Etapas simples garantem uma enxurrada de contatos para o seu negócio
  1. Preparação para gerar Leads
  2. Configurações iniciais e ofertas para geração de Leads
  3. Promoção da Landing Page para novos visitantes

1. Preparação para gerar Leads

Tudo começa com respostas a três perguntas básicas. A primeira delas é: por que eu quero gerar Leads?
Essa questão é importante para alinhar a expectativa. A geração de Leads é um investimento no relacionamento e rende frutos no longo prazo.
De forma geral, quanto maior o ticket e a complexidade da compra, mais o Lead deverá ser educado até decidir pela compra.

Tomemos como exemplo a diferença do processo de compra de um curso numa universidade e de uma capinha de celular. Enquanto no primeiro caso o comprador pondera uma série de características antes de fechar negócio, no segundo, normalmente, ele compra de forma impulsiva e pouco planejada.

Nesse contexto fica claro que a empresa de educação tem muito mais perspectiva de conseguir direcionar o Lead por meio de informação e relacionamento do que a loja de acessórios para celular. Mas mesmo ela pode enxergar valor em se relacionar com uma base e fazer vendas ocasionais se pensar a longo prazo.

2. Configurações iniciais e ofertas para geração de Leads

Entre tantas possibilidades de ofertas para atrair Leads, cabe a você identificar o que é mais interessante para o seu público. Separamos as possíveis iscas em quatro grandes grupos conforme o custo-benefício e a indicação de uso de cada uma delas.

2.1 Conteúdo

 São eBooks, webinars e minicursos, todos com o objetivo de educar os Leads sobre como podem resolver um problema ou aproveitar uma oportunidade de negócio. Capacitar o mercado confere autoridade à sua empresa perante os mecanismos de busca como o Google.

2.2 Ferramentas

Tratam-se de planilhas simples e templates, que ajudam o Lead a reconhecer um problema ou a resolvê-lo. O interessante desse tipo de oferta é a capacidade de atrair Leads avançados no processo de compra, que estão buscando maneiras de colocar suas ideias em prática.

3.3 Promoção
É uma forma clássica mas ainda bastante eficiente de chamar a atenção. Cupom de desconto ou sorteio são exemplos desse tipo de recurso, cuja grande vantagem é o potencial de buzz e viralização.
Uma ressalva importante: cuide para não atrair Leads que pouco ou nada têm a ver com a sua persona.

Promoção da Landing Page para novos visitantes

Esse passo nos ajudará a entender melhor como responder a terceira pergunta da preparação, tratando de onde vamos buscar visitantes com potencial para a Landing Page criada.
Abaixo temos um levantamento dos principais canais de aquisição:

Mídias sociais. 

Você pode usar as redes sociais, as suas e as da empresa, para indicar a oferta e a Landing Page.
Mais do que isso, lembre-se de incentivar as pessoas a compartilharem a oferta: seja por botões na Landing Page, seja via email de confirmação/agradecimento etc.

CTA no site e blog

Uma alternativa barata e que gera resultados é o uso de banners e links no seu próprio site e blog.

Mídia paga

Trabalhar com mídia paga no Facebook, no Google, no LinkedIn ou em qualquer outro canal é uma opção com grande potencial e de retorno mensurável.


Fonte: https://resultadosdigitais.com.br/blog/criar-lista-emails/

Nenhum comentário

Juliano Cesar. Tecnologia do Blogger.