Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

Terceirizados da Educação ainda não receberam salários de dezembro em Arcoverde.

Enquanto a prefeita de Arcoverde, Madalena Britto (PSB), bate à porta do governo do Estado para realizar o Carnaval e prestes a anunciar as atrações do Baile Municipal, dezenas de trabalhadores e trabalhadoras terceirizados (contratados) da Secretaria de Educação e Esportes e até de outras pastas, estão sem receber seus salários de dezembro de 2018.

Faltam apenas sete (07) dias para o término do mês e servidores que prestam serviços não sabem quando vão receber seus proventos, além de reclamarem, sob silêncio para não serem perseguidos, que há meses vem recebendo sempre com um mês dentro do outro. Segundo alguns contratados que procuraram a Secretaria de Educação, que paga salários de até R$ 14 mil para servidores privilegiados, e receberam a mesma informação da semana passada: vai ser pra semana. Os salários de novembro foram pagos somente dia 18 de dezembro passado desses profissionais.

Apesar de não pagar os contratados, a prefeitura já soma de transferências federais (FPM, FUNDEB, Saúde, etc) até este dia 24 de janeiro um montante de R$ 4.369.216,10 (quatro milhões, trezentos e sessenta e nove mil, duzentos e dezesseis reais e dez centavos). Somente do Fundeb já foram depositados R$ 1.682.922,01 nas contas da prefeitura, sendo que o último crédito foi feito agora, dia 22, quando foram depositados na conta do Fundeb da Prefeitura de Arcoverde R$ 242.254,02. Os dados são do Demonstrativo de Distribuição de Arrecadação do Banco do Brasil. 
Aos recursos federais somam-se ainda as transferências estaduais (ICMS/IPVA) que contabilizam para janeiro outros R$ 1.200.709,95 (hum milhão, duzentos mil, setecentos e nove reais e noventa e cinco centavos). Em dezembro de 2018 esses repasses foram de R$ 1.407.930,60 somando-se ICMS e IPVA, segundo dados do portal da transparência da Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz).

Apesar de não definir a data para os pagamentos dos trabalhadores terceirizados da Educação e outros, a prefeita do município anunciou hoje, sem nenhuma novidade, ou inovação, mas com datas definidas, o já conhecido calendário de eventos do município. Os servidores terceirizados, já que os contratados prestam serviços ao público assim como os efetivos, esperam também o calendário dos salários e, principalmente, do salário atrasado de dezembro no bolso.
 
Fonte: www.afolhadascidades.com.br

Nenhum comentário

Juliano Cesar. Tecnologia do Blogger.