Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

Rodrigo Roa ensaia volta do Grupo Guerra com a vaga de vice de Cibely em 2020 pra Julião

Faltando um ano e cinco meses para o início da campanha eleitoral, a vereadora Cibely Roa (PR), pré-candidata a prefeita de Arcoverde corre em busca de fechar sua chapa para o pleito de 2020. Para isso, o seu articulador político e marido, Dr. Rodrigo Roa, formulou convite para o ex-prefeito Julião Guerra ser o candidato a vice na chapa da vereadora republicana, ensaiando à volta ao poder do Grupo Guerra que marcou a política em Arcoverde nos anos 90.

O convite, segundo diz o blogueiro Dárcio Rabelo, teria ocorrido neste sábado, no Recife, durante encontro entre os dois médicos (Rodrigo e Julião) e o advogado e presidente do PPS em Arcoverde, Edilson Xavier, ex-assessor jurídico nos governos Julião Guerra (1989/1992) e Erivânia Camelo (1993/1996). O encontro aconteceu em um restaurante do Recife, e durante o bate-papo o Dr. Rodrigo Roa postou foto no facebook com a frase: “Aproveitando experiências, ouvindo a todos para CONSTRUIR um projeto para Arcoverde. Com o colega ex-prefeito Dr. Julião Guerra e o Jurista Edilson Xavier”.
Julião teve uma gestão marcada por denúncias de nepotismo e irregularidades que motivaram a rejeição de suas quatro prestações de contas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE). 
Desde 2004 quando ensaiou voltar ao poder após ser derrotado pela ex-prefeita Rosa Barros oito anos antes (1996), Julião acabou tendo seu projeto abortado pelo ex-prefeito Zeca Cavalcanti (PTB) que venceu a eleição naquele ano. Em 2011 anunciou a abertura de uma clínica popular de olho nas urnas de 2012, mas desistiu de enfrentar a então candidata apoiada pelo ex-prefeito Zeca Cavalcanti, Madalena Britto. A expectativa agora é se o ex-prefeito vai aceitar ser coadjuvante nestas eleições, entregando a cabeça de chapa a vereadora Cibely Roa (PR).

Ainda no início deste ano, Rodrigo Roa teria sondado o empresário Erb Lins (PTB), candidato a vice-prefeito na chapa de Nerianny Cavalcanti (PTB) em 2016, para integrar a chapa da vereadora republicana, mas não teria tido uma confirmação. Outro nome sondado foi o da vereadora Zirleide Monteiro (PTB), que não aceitou o convite. 

Com a decisão dos Roas de formalizar uma aliança com o grupo Guerra, o projeto da vereadora Cibely Roa de ser candidata a prefeita de Arcoverde se afasta de uma possível aliança mais ampla com outros nomes que compõem a oposição em Arcoverde.
 
Fonte: afolhadascidades.com.br

Nenhum comentário

Juliano Cesar. Tecnologia do Blogger.