Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

Vacinação contra a influenza: mais crianças serão beneficiadas

Na sua 21º edição, que inicia nesta quarta-feira (10.04), a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza amplia o público a ser beneficiado. Neste ano, poderão ser imunizadas crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias) – antes era até menores de 5 –, totalizando mais de 752 mil meninos e meninas. Isso significa um incremento de quase 143 mil pernambucanos. Essa população e as gestantes são as prioritárias para imunização até o dia 19.04.
 
Já de 22.04 a 31.05, os postos receberão todos os públicos inclusos no esquema de vacinação, que, em Pernambuco, totalizam 2.598.158 pessoas. A meta é imunizar, no mínimo, 90%. Poderão se vacinar, além de crianças e gestantes, os grupos prioritários de idosos (60 anos ou mais), puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, os professores das escolas públicas e privadas e os povos indígenas. A campanha ainda contempla portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Em caso de alergia ao ovo (pessoas que após ingestão apresentaram apenas urticária), não há contra-indicação, mas, em quadros clínicos específicos, como alergia grave, é importante que a imunização seja feita em ambiente adequado (local com urgência e emergência) e com supervisão de profissional de saúde que possa reconhecer e prestar atendimento em caso de alguma condição alérgica.
 
Para o grupo de portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, o MS mantém a orientação da prescrição médica, que deverá ser apresentada no ato da imunização, especificando o motivo da indicação da vacina.

Nenhum comentário

Juliano Cesar. Tecnologia do Blogger.